LIVEONLINEMIDGRAY (1).png

BALLET

 

O ballet, ou simplesmente balé, como também pode aparecer na literatura, é um estilo de dança que teve origem na Itália. A própria palavra tem origem italiana, no vocábulo “ballare”, que pode ser traduzido como “bailar”.

 

Trata-se de uma dança na qual os bailarinos permanecem em uma posição ereta e numa prática conhecida como dehors, que consiste no giro exterior dos membros inferiores do corpo. Além disso, também há um foco no corpo na vertical e na simetria.

 

Nessa modalidade trabalhamos flexibilidade, alinhamento e  distribuição do peso além das técnicas referentes ao ballet.

O QUE USAR: Roupas leves, que deem movimento juntamente com sapatilha ou meia.

CONTEMPORARY JAZZ

 

Na aula de Contemporary Jazz, as técnicas do Jazz e do Contemporâneo se integram ampliando as possibilidades de movimentação, e trabalhando sempre com o paradigma da desconstrução dos movimentos e do trabalho em cima de técnicas estabelecidas.

 

O intérprete consegue se conectar com suas potências em diversos aspectos, além de dançar composições coreográficas dinâmicas e versáteis. A modalidade exige certa experiência em outras modalidades de dança e trabalha bastante o aspecto físico e emocional.

O QUE USAR: Roupas leves, folgadas ou que permitam movimento. O aluno pode fazer as aulas descalços ou usar uma meia para jazz ou pilates.

DANÇA DO VENTRE

 

A dança de ventre é uma famosa dança praticada originalmente em diversas regiões do Oriente Médio e da Ásia Meridional. De origem primitiva e nebulosa, datada entre 7000 e 5000 a.C, e seus movimentos aliados a música e sinuosidade semelhante a uma serpente foram registrados no Antigo EgitoBabilôniaMesopotâmiaPérsia e Grécia, e tinham como objetivo: preparar a mulher através de ritos religiosos dedicados a deusas para se tornarem mães. Com a invasão dos árabes, a dança foi propagada por todo o mundo.

 A expressão dança do ventre surgiu na França, em 1893. No Oriente, é conhecida pelo nome em árabe raqṣ sharqī (رقص شرقي, literalmente "dança do leste"), ou raqṣ bládi (رقص بلدي, literalmente "dança da região", e, por extensão, "dança popular"), ou pelo termo turco çiftetelli (ou τσιφτετέλι, em grego).

É composta por uma série de movimentos vibrantes, impactantes, ondulações e rotações que envolvem o corpo como um todo.[5] Na atualidade, ganhou aspectos sensuais exóticos, sendo excluída de alguns países árabes de atitude conservadora.

O QUE USAR: O aluno de dança do ventre deve usar roupas leves, e que permitam movimento como leg e top. O aluno também pode adquirir um cinto de moedas para dança do ventre, que ao aliar o movimento dos quadris ao som que as moedas produzem, facilitam no entendimento do movimento.

FLAMENCO

 

O flamenco é a música, o canto e a dança cujas origens remontam às culturas cigana e mourisca, com influência árabe e judaica. A cultura do flamenco é associada principalmente à região da Andaluzia, na Espanha, assim como a Múrcia e Estremadura, e tornou-se um dos símbolos da cultura espanhola.

JAZZ DANCE

 

Jazz Dance é uma forma de dança que recebe influências de diversos outros estilos e princípios técnicos do ballet e da dança contemporânea. É uma forma de expressão pessoal criada e sustentada pelo improviso que surgiu e se popularizou na mesma época em que a música Jazz, surgiu nos E.U.A  através da rica cultura negra no país.

A modalidade trabalha muito o condicionamento físico, alongamento além é claro das técnicas de dança.

O QUE USAR: Roupas que permitam movimento, como lycras, collants, entre outros. Não usar pulseiras, brincos ou acessórios que possam prejudicar os movimentos.

JAZZ KIDS

 

Jazz Dance é uma forma de dança que recebe influências de diversos outros estilos e princípios técnicos do ballet e dan dança contemporânea. É uma forma de expressão pessoal criada e sustentada pelo improviso que surgiu e se popularizou na mesma época em que a música Jazz, surgiu nos E.U.A  através da rica cultura negra no país.

No jazz kids tudo é trabalhado de forma lúdica para o melhor aproveitamento por parte das crianças. Sugerimos a repetição das aulas pois o reforço na memória reflete no acerto, e isso funciona como uma forma de recompensa para elas.

O QUE USAR: Roupas que permitam movimento, como lycras, collants, entre outros. Não usar pulseiras, brincos ou acessórios que possam prejudicar os movimentos.

LIVE KIDS

 

O Live Kids é uma atividade de dança recreativa destinada a crianças a partir de 4 anos. Funciona como a modalidade ritmo para adultos, onde músicas de vários estilos musicais destinados a crianças são utilizados em coreografias oficiais dos artistas ou produzidas pelos professores. Com uma forma fácil de acompanhar e com instruções dos passos onde se tornam necessários para que elas possa assimilar melhor.

Além disso, cada aula conta com uma brincadeira exclusiva para os alunos brincarem sozinhos ou com auxilio dos pais.

O QUE USAR: Roupas que permitam movimento, como lycras, collants, entre outros. Não usar pulseiras, brincos ou acessórios que possam prejudicar os movimentos.

PILATES SOLO

 

O Pilates é uma técnica de fortalecimento muscular que foi desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates, ainda na década de 20. Sua intenção era, com a prática de movimentos simples, ampliar a capacidade do organismo em se tornar mais forte, flexível, harmonioso e, é claro, saudável.

O Pilates solo nada mais é do que a prática dos exercícios de repetição do pilates sem o auxílio de nenhum tipo de equipamento, aparelho ou material. Por esse motivo ele ganhou o nome de “Solo”, que remete a sozinho, sem ajuda.

O QUE USAR: Roupas leves, justas ao corpo e confortáveis. Materiais maleáveis que permitam o movimento total do corpo.

RITMOS

 

RITMOS é uma modalidade de dança extremamente recreativa onde são trabalhadas coreografias de diversos estilos musicais da atualidade como funk, sertanejo, pagode, axé, sucessos nacionais e internacionais.

É uma modalidade indicada a todos que estão iniciando na dança e além de trabalhar a coordenação, trabalha  a consciência corporal e o cardio.

O QUE USAR: Roupas leves, que deem movimento e tênis. Evite peças pesadas como shorts jeans.

STILETTO

 

A modalidade é um estilo de dança que tem como base o universo feminino, unindo três características indispensáveis: a sensualidade, a elegância e, claro, o salto alto – do tipo agulha, preferencialmente. 

Sua inspiração é nos musicais da Broadway e em divas como Madonna e Beyoncé. A modalidade compreende movimentos dos braços e das pernas e se inspira em ritmos como hip hop, jazz e vogue, sendo o último uma maneira de dançar criada pela comunidade LGBT nos Estados Unidos e popularizada na década de 1980 como uma mistura entre o clássico e o urbano.

Além de ser um ótimo exercício físico para quem busca fugir das modalidades que englobam inúmeras repetições de levantamento de peso e longos minutos de prática aeróbica, a dança stiletto pode trazer diversos benefícios para o corpo e está longe de ser destinada somente às mulheres: qualquer um pode se aventurar – exceto as crianças, devido aos riscos pelo uso precoce do salto alto.

O que usar: Roupas leves, de materiais elásticos como hot pants. O salto não é obrigatório até que você tenha um bom domínio sobre a modalidade. 

STREET JAZZ

 

O street jazz é um estilo que foi reconhecido no final dos anos 90, misturando passos do street dance com movimentos do jazz. Ele é considerado um estilo democrático e muito inclusivo. Dentre suas principais características, é possível observar movimentos vindos do break dance, do tecktoniks (estilo de dança com maior referência à música eletrônica) e do hip hop, que traz passos bastante característicos e dão aquele clima despojado à dança.

O QUE USAR: Roupas leves, que deem movimento e tênis.

SWAG JAZZ

 

.......

O QUE USAR: Roupas leves, que deem movimento e tênis.

URBAN DANCE

 

Urban dance (Street dance) é um rótulo que os americanos criaram para identificar os estilos de dança que surgiram nos guetos e centros urbanos. Muito pensam que Street Dance é um único estilo de dança, mas na verdade é apenas um termo que engloba vários estilos de dança.
A primeira vez que o termo surgiu foi nos anos 30 com o surgimento do Tap Americano (Sapateado).

Entre os estilos de dança urbana, apenas o B. Boying foi criado exatamente nas ruas, durante as Block Partys (testas de rua), que deram origem à Cultura Hip Hop. Os demais estilos de dança tiveram diferentes ambientes para sua criação como Clubs (danceterias), programas de TV, concurso de talentos estudantis etc.. É das ruas porque veio de pessoas que vivem nas cidades.

No Brasil, o Urban dance engloba ainda mais estilos referentes a nossa cultura como funk, pagode, Rap, entre outros.

O QUE USAR: Roupas leves, largas e que permitam movimento. Nos pés, tênis.

YOGA

 

Yoga não é só se movimentar e contorcer o corpo, vai muito além. Com o significado de unir e integrar, os ensinamentos da yoga existem há mais de dois mil anos. A prática ensina a união do corpo, nas mais diversas partes da vida do ser humano, em equilíbrio com a mente. Além disso, também instrui a ter mais respeito com o próximo e harmonia, seja nas ações, pensamentos e palavras.

Os benefícios da YOGA:

  • Diminui o estresse e ansiedade. 

  • Promove condicionamento físico

  • Facilita o emagrecimento

  • Alivia dores corporais

  • Controla a pressão e os batimentos cardíacos

  • Melhora o sono

  • Melhora o prazer no contato íntimo

O QUE USAR: Roupas leves e que permitam movimento.

ZOUK

 

Zouk é uma dança que é comum no Caribe, assim como o merengue. É praticada hoje em todos os continentes, sendo disseminada através de profissionais do mundo inteiro . O zouk é dançado deslocando-se basicamente na cabeça dos tempos musicais (o que muitos professores de dança chamam simplesmente de tempo).

Afora algum estilo que utiliza somente a cabeça do tempo, em geral entre as cabeças se marca também no intervalo entre as mesmas, no que é chamado de contratempo (como por exemplo no samba) - marcado com o chamado 1,2. No contratempo, se faz o movimento característico do zouk: uma ginga ou um movimento sinuoso (onda) conhecido como cobrinha.

O QUE USAR: Roupas leves e que permitam movimento.